Ponte sobre o Rio das Velhas em Várzea da Palma passa por reforma

 

Publicado em: 05/08/2020 07:59

Whatsapp

 

Ponte sobre o Rio das Velhas em Várzea da Palma passa por reforma

Devido ao acidente ocorrido no mês de março sobre a ponte do Rio das Velhas, a Prefeitura de Várzea da Palma através da Secretaria Municipal de Cultura, está realizando a reforma e ampliação do guarda-corpo de proteção da ponte para melhor segurança da população.
O trabalho de reparo e restauração, estará ampliando o guarda-corpo na margem direita que dá acesso à sede do município, bem como implantação de placas de sinalização, quebra-molas, iluminação e identificação patrimonial, todo o recurso utilizado para a reforma está sendo custeado pelo FUMPAC – Fundo Municipal do Patrimônio Cultural.

A prefeitura esclarece que vem pleiteando junto ao DER – Departamento de Estrada e Rodagens de Minas Gerais e ao Governo do Estado a liberação de verba para a reforma dos pilares de sustentação da margem esquerda sentido à Serra do Cabral. A Prefeitura de Várzea da Palma reafirma o seu compromisso com o povo e em especial com o homem do campo. A reforma da ponte é de grande importância não só por interligar importante região rural ao centro urbano, como também por sua relevância cultural, pois foi um dos motores do processo de urbanização no passado e atualmente é essencial para o escoamento da produção agrícola e pecuária de Várzea da Palma.

A ponte foi construída no ano de 1925, e tinha como finalidade a construção do ramal ferroviário que ligaria Várzea da Palma até a cidade de Montes Claros, foi constatado, então, que para a realização da implantação do ramal de Várzea da Palma a Montes Claros demandaria muito recurso em decorrência do elevado número de serras como a Serra da Piedade e a Serra do Cabral, além de construções de muitas outras pontes sobre o rio Jequitaí e córregos e riachos que estavam no caminho da obra, devido a esses obstáculos o ramal da antiga Rede Ferroviária Central do Brasil, atualmente a VLI, foi feito entre as cidade de Corinto à Montes Claros. A ponte serviu durante décadas como principal acesso entre Várzea da Palma a Montes Claros e ao nordeste brasileiro, sendo substituída com a construção da ponte sobre o rio no limite entre os municípios de Várzea da Palma e Pirapora na BR 135. Desde então a ponte é a principal forma de acesso às comunidades rurais às margens direita do Rio das Velhas. A ultima intervenção realizada na ponte foi feita no ano de 1951 em parceria com a Belgo Mineira e com o Governo do Estado.